Actualização Bancos Centrais 6 Maio 2022

EUA

A Reserva Federal decidiu subir a sua taxa de juro diretora em 0.50%, estando agora nos 1%. Esta subida representa a maior dos últimos 22 anos.

Depois de anunciar esta grande subida, o Presidente Powell, talvez a tentar controlar as expectativas, expressou que a possibilidade de ser ver uma subida de 0.75% é altamente improvável no contexto actual.

Irão também, em Junho iniciar a redução de activos no seu balanço, inicialmente cerca de 47.5 mil milhões por mês, mas com um aumento de ritmo até atingirem os 95 mil milhões mensais.

A inflação continua a ser principal razão esta política monetária mais agressiva. E para a combater é esperado que a Reserva Federal continue com aumentos de 0.50% nos próximos meses. Este incremento irá muito provavelmente ser revisto conforme a evolução da inflação e da economia.

Inglaterra

Pela quarta vez o Banco de Inglaterra volta a subir a sua taxa de juro em 0.25% atingindo os 1%. Apesar de todos os membros estarem em concordância com a direção da sua política monetária, alguns gostariam de ver um aumento mais agressivo.

O Banco de Inglaterra fez também uma revisão a alguns factores económicos para este ano. A sua inflação, que se encontra perto dos 7%, foi revista para os 10.25% para 2022. Reviu também o crescimento do seu PIB, e esperam agora uma contração de 0.25% em 2023.

Também numa tentativa de acalmar os investidores, o Governador do Banco de Inglaterra, Andrew Bailey, refutou a hipotesse de estagflação, uma das grandes preocupações dos investidores no contexto actual.

Austália

O Banco de Reserva da Australia, na passada terça-feira, decidiu também aumentar a sua taxa de juro em 0.25%. Esta subida tão acentuada, que não acontecia desde de 2010, não era esperada, algo por volta de Junho estaria mais em linha com as expectativas dos investidores.

Decidiram também iniciar uma redução de alguns activos no seu balanço patrimonial. Acreditam que a economia está a melhorar e já não existe a necessidade de manter estes apoios.

Visite o Disclaimer para mais informações.