Bitcoin – 21 Junho 2022

No final de 2021 a Bitcoin tem vindo a descer. Pode-se atribuir esta descida à perspectiva de subidas de taxas de juro diretora em vários Bancos Centrais devido a uma subida constante da inflação.

Essas perspectivas foram agravadas na primeira metade deste ano, 2022 devido a um declínio no panorama macro-económico. Com este declínio muitos Bancos Centrais, como a Reserva Federal, viram se obrigados a mudar de postura, para uma política de combate à inflação.

Esta decisão acabou por criar uma fuga ao risco por parte dos investidores, procurando activos considerados mais seguros.

Esta fuga causou um algumas ondas no mercado de criptomoedas, chegando mesmo a causar um desmoronamento de uma das grandes blockchains, a Terra. Passado algum tempo algumas empresas de serviço de criptomoedas como a Celsius, viram-se obrigadas a suspender levantamentos para prevenir males maiores.

Isto acabou por agravar ainda mais o sentimento negativo já existente no mercado cripto, levando a grandes desvalorizações como a da Bitcoin, que se encontra actualmente perto dos 20.000$.

Fonte: Tradingview

Encontra-se a recuperar desses valores e acreditamos ser possível uma recuperação até à zona X1 num cenário optimista. Contudo, a nossa visão geral continua a ser negativa, pois acreditamos que possa voltar um cenário mais pessimista, onde vemos como alvo a zona X2.

Se aguentar perto da zona X2, em conjunto com melhorias macro-económicas, é possível ver uma recuperação a partir dessa zona. Caso as condições macro-económicas se mantenham negativas, poderemos até ver uma maior queda ate à zona X3

Visite o Disclaimer para mais informações.