Destaques do Dia – 17 Nov 22

Amazon confirma que no próximo ano os cortes de custos com pessoal vão continuar, medida para a empresa fazer face à potencial quebra de vendas derivada da condições de mercado mais desafiantes.

Binance envia aos seus cliente informação a indicar que mantem um rácio de 1:1 dos fundos. A Binance pretende com esta informação distanciar-se da concorrência no que toca a desconfiança quanto a liquidez da exchange. Mas muitas outras exchanges continuam com uma nuvem a pairar sobre a cabeça, com duvidas sobre os seus balanços. Quanto à FTX, a falta de boas práticas de gestão parecem apontar para um desastre, apontando situações em que o dinheiro da corretora, dinheiro dos clientes, era usado para comprar casas para empregados.

Voltou o tema das taxas de juro altas ao mercado, sendo apontado como causador do dia negativo. No nosso ponto de vista, este tema nunca deixou de estar presente. Na nossa opinião é só uma questão de tempo até iniciar uma nova onda de descidas.

Mais um vez volta a ser destaque a próxima subida da taxa de juro, subida esta que o mercado começa a falar de ser mais baixa, na nossa opinião de 0,5%. Acreditamos que o recente rally baseado no otimismo de que a FED vai abrandar as subidas, vai esbarrar no cenário de recessão global.

Na Europa fala-se que o banco central vai abrandar o ritmo de subida das taxas de juro, decisão que não acreditamos ser prudente, quando outros países tudo estão a fazer para baixar a inflação com as subidas das taxas de juros. No Reino Unido além das subidas das taxas de juro, o governo vai aumentar as taxas e reduzir os gastos, de forma a resfriar a economia e assim controlar a inflação.

Visite o Disclaimer para mais informações.