Onde comprar e trocar criptomoedas

Nos últimos anos tem havido um crescente interesse no mundo das criptomoedas. Este interesse é facilmente explicado pela subida de valor astronómica das criptomoedas que as torna um dos instrumentos de maior rendibilidade média, bem superior ao mercado bolsista.

Para entrarem neste mercado precisam de primeiro trocar as chamadas moedas fiduciárias, ou FIAT, como o Euro(EUR) ou a Libra Esterlina(GBP) para criptomoedas. E para o fazer necessitam de utilizar uma entidade de câmbio, mais conhecida por exchange.

O que é uma Exchange?

Este termo em inglês pode ser atribuído às entidades de câmbio, mas também ao processo. Uma exchange é uma entidade que nos permite trocar moeda FIAT para criptomoedas, muito similar a intercâmbios que nos permitem trocar, por exemplo, euros por dólares.

O referido processo consiste simplesmente em adicionar fundos à sua conta e trocar por criptomoeda, por exemplo Bitcoin. Ou ainda, depois de ter feito o câmbio para Bitcoin pode-se fazer novamente câmbios de Bitcoin para Ethereum ou qualquer outra criptomoeda disponível.

Neste artigo estamos apenas a referir-nos a exchanges centralizadas, ou seja, exchanges geridas por uma empresa central, onde a decisão de como operar essa exchange depende inteiramente da empresa.

Considerações

Pela novidade que ainda que os mercados de criptomoedas representam, a regulação para tal ainda não foi devidamente implementa ou sequer ponderada. Consequentemente os casos de burlas ou “desaparecimento” de capital são fenómenos de alguma probabilidade, apesar de baixa.

Portanto antes de se comprometer e depositar o seu capital numa exchange deve primeiro ter alguns pontos em consideração:

  • Reputação/Fiabilidade – Provavelmente o factor mais importante, a confiança que uma exchange oferece. Deve fazer a sua própria pesquisa para descobrir se de facto são entidades reguladas ou que tipo de segurança oferecem, como autenticação de dois factores ou onde mantêm as private keys.
  • Taxas – Sempre que adquirir ou até mesmo vender alguma criptomoeda vai ter que pagar algum tipo de taxa ou spread, mas isso não impede de procurar as melhores condições para o fazer. Estas taxas podem ser percentagens do seu capital, logo quem pretende investir valores avultados têm que ter este tipo de taxas em mente.
  • Escolha – Existem inúmeras moedas para alem da Bitcoin, portanto se tiver o objectivo de comprar outras moedas seria relativamente importante investigar as diferentes moedas que a exchange permite adquirir.

Exchanges

Nesta secção vamos dar uma pequena lista de algumas exchanges que consideramos ser de confiança. É de relembrar a importância de fazer a vossa própria pesquisa, principalmente porque vamos apenas falar muito superficialmente destas exchanges.

  •  Coinbase – Provavelmente a mais conhecida. Tem, ao longo dos anos, mostrado um alto nível de confiança. Tem milhões de clientes, possui uma grande liquidez e é cotada na bolsa. Possui uma interface muito fácil de utilizar, baixando a barreira de entrada no mundo. A sua maior contrapartida é o facto de ter taxas altas e não controlar as próprias chaves privadas.
  • Binance – Outra exchange bastante conhecida, a par da Coinbase. Também oferece grande liquidez, uma grande variedade de criptomoedas e taxas de transação bastante reduzidas, o que é especialmente benéfico para quem planeia fazer trading em criptomoedas. O lado negativo desta plataforma é a sua maior complexidade, já que é direcionada para utilizadores mais avançados. De notar que a Binance foi recentemente banida pelos reguladores do Reino Unido.
  • Kraken – Ligeiramente menos conhecida na Europa, mas demonstra fiabilidade. Tal como a Coinbase, nunca sofreu um hack e oferece bastante segurança, mantendo 95% das suas criptomoedas offline. Em termos de facilidade de uso encontra-se entre a Binance e a Coinbase podendo ser algo desafiante para iniciantes. Mas, ao contrário da Coinbase, as suas taxas são bastante económicas.

Conclusão

A maior dificuldade para qualquer iniciante nos mercados das criptomoedas é escolher uma exchange algo que esperamos facilitar com este artigo. Recomendamos que antes de começar o investimento se faça uma pesquisa robusta, uma franca ponderação dos prós e contras aqui enunciados, pois os verdadeiros interessados na protecção do nosso capital somos nós próprios.

É de relembrar também que não é boa ideia manter as suas criptomoedas numa exchange porque o facto de manterem o dinheiro dos seus utilizadores centralizado têm tendência a serem um maior alvo que um único utilizador em especifico. O local ideal para manter as suas criptomoedas é sem dúvida numa wallet onde tem acesso exclusivo à sua seed phrase.

Visite o Disclaimer para mais informações.