Resumo Banco Central Europeu – 27 Out 2022

Pela terceira vez consecutiva, o Banco Central Europeu subiu a sua taxa de juro de referência. Num valor largamente esperado por analistas e pela segunda vez consecutiva, de 0.75%.

A taxa de juro encontra-se agora nos 2%, mas mostra-se claramente comprometido na sua luta contra a inflação. Sinalizou ao mercado que serão necessárias mais subidas para controlar a inflação, alguns factores como a guerra na Ucrânia entre outras incertezas económicas terão um lugar secundário face à inflação.

Dados mostram que a subida de salários recente para tentar acompanhar a inflação pode levar a uma espiral que por sua vez arrisca a tornar a inflação actual algo de longo termo. Será um dos factores a que estarão atentos nos próximos meses.

Outra mudança na sua política monetária foi a alteração do seu programa TLTRO, uma forma de subsidio a bancos comerciais para terem acesso a empréstimos mais baratos. Irão modificar os termos para reduzir esse apoio e retirar algum dinheiro da economia para auxiliar o combate à inflação.

Espera-se sem dúvida que esta política se mantenha até ao fim do ano, podendo a taxa de juro de referência chegar a valores entre 3% a 3.5%. Para 2023, esperamos que as decisões estejam mais ancoradas no progresso económico e num claro alivio da inflação.

Visite o Disclaimer para mais informações.