Resumo da semana 11-15 Outubro 2021

EUA

Os principais índices bolsistas não viam uma semana tão boa como esta à cerca de 3 meses. Com a diminuição de casos de COVID-19 reduzindo o impacto negativo económico, os investidores parecem ignorar os problemas da cadeia de abastecimento mundial. Ou pelo menos acreditam que atingiram o pico e pouco pode piorar a partir desta situação.

No entanto nem tudo é positivo, a verdade é que os problemas da cadeia de abastecimento continuam presentes. Ignorados ou não, estes problemas estão a aumentar a taxa de inflação de várias regiões e muito provavelmente irão diminuir os retornos de muitas gigantes tecnológicas devido à escassez de semi-condutores.

Europa

Como é habito a Europa seguiu o mercado bolsista Norte Americano. Bons ganhos apresentados por empresas também foi um dos maiores factores que impulsionaram os mercados Europeus, com um auxilio de bons dados do Reino Unido. Este mês o Reino Unido parece estar bastante bem encaminhado, a mostrar uma recuperação de bastante relevo depois de uma abertura quase total.

Ásia

Depois da mera possibilidade de aumento do imposto sobre mais valias ter sido mal recebida pelos investidores, o novo Primeiro Ministro Kishida decidiu recuar esse plano. Para acalmar os ânimos, reforçou que não irá fugir muito das politicas dos seus predecessores, tudo em nome da estabilidade económica, especialmente numa altura tão delicada.

O mercado Chinês aparenta estar encalhado, sem apresentar nem ganhos nem perdas. Os investidores podem estar à espera do resultado desta actual crise energética que está a causar uma forte subida no preço dos vários combustíveis como carvão, petróleo e gás natural. Obviamente é de mencionar o caso Evergrande, que apesar de estar a ser ligeiramente ignorado, continua em apuros. Continua a falhar pagamentos de de algumas obrigações, contudo têm algum tempo extra para fazer esses pagamentos. Resta saber se caso esta empresa entre insolvência, se iremos ver algum tipo de contagio fora da região económica Chinesa.

Visite o Disclaimer para mais informações.