Resumo da semana 19-23 Julho 2021

EUA

Esta semana, depois de uma queda na segunda-feira, os principais índices conseguiram recuperar e até acabar a semana no positivo. Esta descida inicial deve-se à inquietação causada pela variante Delta, a predominante nos EUA. Está a provocar um grande número de hospitalizações, o que por sua vez se reflecte em algumas empresas que dependem da abertura total da economia.

A recuperação depois desta queda foi graças aos ganhos que estiveram concentrados nas principais acções relacionadas com a Internet, como o Facebook ou o Google. Outras noticias relacionadas com a melhoria do sector da construção de habitações, um sector bastante significativo da economia Americana, também auxiliou na regeneração da confiança dos investidores.

Europa

Auxiliadas também por esta temporada de relatórios de ganhos e do optimismo vindo do Banco Central Europeu, os índices Europeus beneficiaram de uma subida na segunda metade da semana. O BCE reforça a narrativa de uma inflação transitória, desta vez apoiada pelo facto do numero de casos de COVID-19 estar a aumentar e de certa forma abrandar o consumo excessivo.

No entanto, esse abrandamento não parece estar presente no Reino Unido, onde apesar do enorme aumento de casos COVID-19, não impediu de levantarem todas as medidas de confinamento no dia 19. Esta decisão é o oposto da maior parte da Europa, com muitos deles a ponderarem implementar novas medidas de confinamento.

Ásia

Os mercados Japoneses encontram-se em maiores dificuldades. Não conseguiram recuperar durante o resto da semana. O inicio dos jogos Olímpicos é visto como um evento que poderá aumentar o numero de casos, mais o facto do declínio do nível de aprovação do Presidente Yoshihide Suga ter caído para os valores ainda mais baixos não ajudou a acalmar as preocupações dos investidores.

Da China não saíram dados relevantes para criar qualquer tipo de movimento. Houve sim, algumas decisões do Governo Chinês. Numa tentativa de incentivar empresas Chinesas a listarem as suas empresas na bolsa de Hong Kong, retiraram algumas requisitos necessários para o fazer no mercado bolsista de Hong Kong.

Visite o Disclaimer para mais informações.