Resumo FOMC – 17 Agosto 2022

As minutas referentes ao mês de Julho, agora divulgadas, mostra que de facto a Reserva Federal está mais aberta a uma desaceleração das suas políticas monetárias caso haja oportunidade para tal.

Na sua maioria, os participantes concordaram que esta política será para se manter para o futuro próximo, dado que ainda não houve claros e fortes sinais de abrandamento da inflação, a maior preocupação da Reserva Federal.

Notaram de facto que a economia Americana está a abrandar, algo que consideram necessário para “arrefecer” a economia. Esperam que continue a abrandar para atingir o objectivo de inflação de 2%.

Com a descida recente da inflação, apesar de não ser esperado uma mudança completa da política monetária, é esperado por muitos investidores que a subida da taxa de referência seja de 0.50% em vez dos anteriores esperados de 0.75%.

Uma boa noticia continua a ser a força do emprego nos EUA, que continua com dados fortes, o que pelo menos para já, afasta ligeiramente a ideia de uma recessão grave.

Visite o Disclaimer para mais informações.