Hawkish e Dovish – direcções distintas

Normalmente, os Presidentes dos Bancos Centrais e os membros das suas comissões têm um posicionamento quanto à política monetária a seguir. Estes posicionamentos podem ser divididos em duas direcções: hawkish e dovish. Os termos referem-se aos diferentes pontos de vista de como as politicas monetárias devem influenciar a economia. Se ainda não está a par do que estes termos significam aconselhamos a leitura de um artigo anterior, O que é um Banco Central.

Motivações

Quando se diz que um Banco Central é dovish não significa que tem uma política monetária estática, pode variar e alterar-se. Entre muitos indicadores económicos, pode dizer-se que os que motivam esta volatilidade de direcções são o CPI e a taxa de desemprego.

  • CPI – Consumer price index, ou índice de preço no consumidor, é um indicador que mede a evolução do preço médio de um conjunto de bens e serviços numa economia. Por outras palavras mede a inflação de uma economia.
  • Taxa de desemprego – Este indicador é mais simples de compreender. Mede a percentagem de população actualmente empregada num país ou região. Por norma, pode-se deduzir que quanto maior o numero de empregados numa economia, em melhor situação se encontra essa economia.

Como identificar

Os mercados financeiros são sensíveis às declarações públicas dos órgãos dos Bancos Centrais. Assim, acabam por reagir de forma muito expressiva que se reflecte nos seus movimentos em movimentos de crescimento ou recessão.

Um exemplo actual de posturas dovish está a acontecer com a maioria dos Bancos Centrais. Motivados pela pandemia têm implementado bastantes ferramentas de apoio económico. Este comportamento, por sua vez, tem desencadeado pressões hawkish, ou seja, começa a haver uma maior vontade de diminuir os estímulos económicos e aumentar as taxas de juro. Este ciclo ocorre graças a uma melhoria económica gradual que tem vindo a ganhar terreno.

Os sinais de discurso que apontam as direcções para as novas medidas podem ser facilmente reconhecidos.

  • Num discurso em que prevalecem termos como: “Subida de inflação; Aumento das taxas de juro; Melhorias económicas; Redução de estímulos económicos” reflectem claramente uma postura hawkish.
  • Por outro lado, expressões como “Baixa inflação, ou deflação; Redução das taxas de juro; Fraco crescimento económico, ou até mesmo recessão; Inicio ou aumento de programas de estímulos económicos” reportam claramente à atitude dovish.

Conclusão

A missão principal do Banco Central é atingir estabilidade de preços e florescimento económico. As direcções que tomam para a cumprir podem ser agrupadas em atitudes dovish e hawkish.

Os indicadores que as caracterizam são o posicionamento face à inflação, taxas de juro e ferramentas de estimulo e apoios económicos. Estes são facilmente apurados através das comunicações habituais dos membros do conselho do Banco Central.

Portanto, boa parte da análise e tentativa de previsão do comportamento no mercado financeiro é, em boa parte, composta por um proactividade e atenção à imprensa e aos documentos oficiais frequentemente emitidos.

Visite o Disclaimer para mais informações.